As bênçãos da fidelidade e obediência

Ao que vencer…

No final da cada carta Jesus declara a promessa para aquele que obedecer a Sua vontade, sendo fiel até a morte. A caminhada cristã se caracteriza pela fé inabalável que cada crente deve desenvolver, crendo nas promessas maravilhosas de um Reino dos Céus, conforme anunciado por Jesus Cristo. É pela fé que somos salvos, é pela fé que seguimos a Cristo como nosso Senhor e Salvador, é pela fé que cremos que Jesus Cristo é o filho unigênito de Deus, que veio a este mundo em carne, que morreu na cruz do Calvário para nos redimir, que ao terceiro dia ressuscitou e ascendeu aos Céus onde está sentado à direita do Pai, e que certamente virá nos buscar para que sejamos ressuscitados e transformados em glória para estar eternamente com o Senhor no Reino de Deus que nos dá por herança incorruptível. E viveremos a verdadeira vida com o Cordeiro de Deus.

Vejam as que bênçãos nos aguarda: será dado comer da árvore da vida que está no meio do paraíso de Deus, não recebermos o dano da segunda morte, será dado de comer do maná escondido e receberemos uma pedra branca com um novo nome, seremos colocados sobre as nações e com vara de ferro as regerá e as quebrará como vaso de barro, receberemos a estrela da manhã, receberemos vestes brancas, e o nome jamais será riscado do livro da vida e Jesus confessará o nosso nome diante de Deus e dos anjos, seremos colunas no templo de Deus, e sobre nós estará o nome de Pai, da Cidade de Deus e o novo nome do Filho, será concedido sentar com Jesus no seu trono, assim como Ele venceu está sentado com o Pai no seu trono. Aleluia…

Vale a pena ser fiel e obediente à vontade de Deus, as lutas são grandes mas com fé e amor seremos vencedores. Não desanime pois a nossa herança é maravilhosa, veja o que diz o apóstolo Paulo sobre esse assunto:

“Porque tudo isto é por amor de vós, para que a graça, multiplicada por meio de muitos, faça abundar a ação de graças para glória de Deus.
Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia.
Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente;
Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas.” (2Coríntios 4: 15 – 18 ACF)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: